Vírus

São partículas submicroscópicas acelulares (não composta por células). Parasitas intracelulares obrigatórios, pois não possuem metabolismo próprio independente do hospedeiro, havendo a necessidade de infectar uma célula para se reproduzirem. Geralmente, causam doenças (viroses) em seus hospedeiros animas, vegetais, bactérias ou outros tipos de organismos vivos. Em geral, compostos por material genético (DNA ou RNA) envolto por uma estrutura de proteínas chamado capsídeo. Algumas espécies de vírus ainda têm uma estrutura envolvendo o capsídeo, chamado envelope membranoso. Mesmo não sendo considerados organismos vivos. Eles são comumente referidos como um tipo de microrganismo juntamente com as bactérias, fungos, protozoários, microalgas entre outros. O HIV, influenza, coronavírus, retrovírus, ebola, Chikungunya e vírus do mosaico do tabaco são alguns dos vários exemplos de espécies virais

Referências bibliográficas

1) HICKMAN JR, Cleveland P.; ROBERTS, Larry S.; LARSON, Allan. Princípios integrados de zoologia. 11. ed. Rio de Janeiro: Editora Guanabara Koogan Ltda, 2012. 2) UFRGS. Você sabe o que é um vírus?. Disponível em: <https://www.ufrgs.br/microbiologando/voce-sabe-o-que-e-um-virus/>. Acesso em 21 de fevereiro de 2022.

Para saber mais

Veja o uso desse conceito em:

Qual a diferença entre gripe e resfriado?

Para compartilhar este conceito:

Copie o link do navegador ou através dos botões abaixo: