Posts do fórum

Douglas Henrique
23 de nov. de 2021
In Paleontologia
Já pensou na possibilidade de um “Jurassic Park” atualmente? Os avanços tecnológicos de sequenciamento de DNA tornou essa uma discussão calorosa na comunidade científica. A ideia de ‘ressuscitar’ animais extintos divide opiniões entre a comunidade científica. Enquanto alguns pesquisadores acreditam que trazer espécies extintas de volta será benéfico tanto para a ciência quanto para a manutenção e recuperação do ecossistema, outros cientistas, ao mesmo tempo que temem o desequilíbrio ecológico ao trazer espécies pré-históricas de volta, afirmam que não existem informações genéticas suficientes para tal feito, sendo a hibridização com descendentes vivos a única forma de tornar real a desextinção de espécies — embora nesse caso 'desextinção' não seria o termo correto a ser utilizado. Longa é a lista de animais extintos tanto por causas naturais quanto por interferência humana. O Mamute (Mammuthus primigenius), o tigre-dentes-de-sabre (Smilodon fatalis) e o tigre-da-tasmânia (Thylacinus cynocephalus) são alguns animais candidatos na lista de desextinção de espécies. Com o avanço da tecnologia em biologia molecular e sequenciamento genético, o termo desextinção de espécies é bastante discutido entre a comunidade científica. Embora o sequenciamento genético de espécies antigas já venha sendo explorado há anos, a possibilidade de trazer esses animais de volta a vida não é fácil e exige um passo a passo para que, quem sabe um dia, a desextinçao de espécies se torne uma realidade. Segundo cientistas, o primeiro passo é o animal a ser trazido de volta ter, necessariamente, um parente existente com característica genética e fisiologia reprodutiva. Com isso, o Mamute é um dos principais candidatos a desextinção de espécies, uma vez que são o antepassado próximo dos elefantes asiáticos. Em paralelo, para LOI (2011) um método interessante para ressuscitar o mamute seria tentar recuperar os espermatozoides do testículo de machos da espécie, pois o genoma dos espermatozoides é uma longa sequência de DNA transcricionalmente inativo, e a decodificação do material genético é um passo importante quando se trata de trazer espécies de volta a vida. Entretanto, para esse processo os cientistas teriam que contar com a sorte de encontrar uma espécie bem preservada e que o espermatozoide não estivesse danificado. Não se tratando apenas dos espermatozoides, mas com a dificuldade em encontrar materiais genéticos de animais extintos bem preservados, o mais viável seria coletar códigos de um ser vivo geneticamente parecido com o animal que se pretende ressuscitar, recortar alguns genes e inserir no lugar os genes do animal a ser recriado (BRITO 2021). Nessa perspectiva, embora a utilização de cromossomos de origem materna como os oócitos (gâmeta feminino - óvulo) seria uma ótima opção para ressuscitar animais extintos, por enquanto, teremos que nos contentar com o uso de células somáticas diplóides como a única opção disponível. Nesse caso, ocorreria a clonagem, uma vez que as células somáticas seriam programadas para uma condição de totipotência e potencialmente capazes de produzir descendentes após a transferência do embrião clonado em uma mãe adotiva adequada (LOI, 2011). Para finalizar o processo, os embriões híbridos teriam que ser transferidos para uma fêmea de espécie semelhante ao animal que se quer recriar e, embora a incompatibilidade imunológica entre o embrião e o útero da mãe elefante não seja esperado, a possibilidade não é descartada. Caso isso ocorra, uma outra opção poderia ser a inserção de células de massa celular interna do embrião em vesículas de trofoblasto de mães de espécies parentes isoladas (LOI,2011). Apesar de a ideia de um 'Jurassic Park' nos dias atuais pareça irreal, a empresa americana Colossal recebeu um aporte de US$ 15 milhões (cerca de 83 milhões de reais na cotação atual) para recriar — criar um híbrido por meio da engenharia genética — o mamute, um animal extinto há milénios. Entretanto, várias são as dificuldades e críticas na comunidade científica a respeito da desextinção, clonagem e hibridização de espécies. Afinal, a desextinção de espécies pré-históricas realmente seria para reestabelecer o ecossistema e combater a crise climática — como alguns estudos apontam — ou esses animais serviriam como um espetáculo para os seres humanos realmente fazendo jus ao nome "Jurassic park"? PALAVRAS-CHAVE extinção; mamute; paleontologia; pré-histórico; tigre-dente-de-sabre; clonagem; desextinção; tecnologia; sequenciamento genético; biologia molecular; ressuscitar. REFERÊNCIAS LOI, Pasqualino. at al. 2011, Biological time machines: a realistic approach for cloning an extinct mammal. ENDANGERED SPECIES RESEARCH, Vol. 14: 227–233, doi: 10.3354/esr00366. BRITO, Sabrina, 2021. O DNA de mamutes com 1 milhão de anos aguça a clonagem de animais extintos. VEJA. Disponível em > https://veja.abril.com.br/ciencia/o-dna-de-mamutes-com-1-milhao-de-anos-aguca-a-clonagem-de-animais-extintos/ <. Acesso em: 22 de novembro de 2021. Cientistas recebem US$ 15 milhões para ressuscitar mamute extinto há 4 mil anos. CNN, Disponível em > https://www.cnnbrasil.com.br/tecnologia/mamutes-e-grandes-animais-da-era-do-gelo-viveram-por-mais-tempo-do-que-se-pensava/ <. Acesso em: 22 de novembro de 2021. Cientistas recebem quase R$ 80 milhões para ‘ressuscitar mamutes. EXAME, Disponível em > https://exame.com/pop/cientistas-recebem-quase-r-80-milhoes-para-ressuscitar-mamutes/ <. Acesso em: 22 de novembro de 2021. Será possível reviver animais extintos?. NATIONAL GEOGRAPHIC, Disponível em > https://www.nationalgeographicbrasil.com/ciencia/2021/04/posso-explicar-reviver-especies-extintas-dna-germoplasma <. Acesso em: 23 de novembro de 2021. FIGURAS Figura 1: https://s5.static.brasilescola.uol.com.br/be/2021/09/mamutes.jpg Figura 2: https://t5z6q4c2.rocketcdn.me/wp-content/uploads/2020/10/tigre-dente-de-sabre-quando-viveram-quais-suas-caracteristicas-960x576.jpg.webp Figura 3: https://veja.abril.com.br/wp-content/uploads/2021/02/arte-mamute-iPhone.jpg Figura 4: https://s2.glbimg.com/TEfqi1-40IvUO40mHnvblk3XHYQ=/e.glbimg.com/og/ed/f/original/2021/08/13/mammoth_painting_havens-768x649.jpg
Passo a passo de como trazer espécies extintas de volta a vida.  content media