Parasitismo

Relação ecológica onde um organismo (parasita) vive dentro ou sobre de outro organismo (hospedeiro) de espécie diferente e obtém, à custa do hospedeiro, seus nutrientes. Esta associação é benéfica ao parasita e prejudicial ao hospedeiro. Exemplos de parasitas são: solitárias, lombrigas, piolhos, pulgões, erva-de-passarinho e fungos causadores de micoses.

Referências bibliográficas

RAVEN, Peter H.; EVERT, Ray F.; EICHHORN, Susan E. Biologia Vegetal. 7. ed. RJ: Editora Guanabara Koogan Ltda, 2011.

Para saber mais

Veja o uso desse conceito em:

Quais são os mecanismos de defesa das plantas?

Para compartilhar este conceito:

Copie o link do navegador ou através dos botões abaixo: