top of page

Por que não devemos pegar conchas do mar?

Atualizado: 22 de jul. de 2022

Conchas do mar são feitas de carbonato de cálcio presentes em alguns animais que constituem o filo Mollusca. Elas são bonitas e por isso muita gente leva para casa. Porém, as conchas do mar são muito importantes e você não deve levá-las para casa. Vamos entender qual a importância das conchas do mar e por que ela deve permanecer na praia.

Você já pensou em produzir conteúdo para Internet? Escrevemos um E-book 100% gratuito com diversas ferramentas perfeitas para isso. Aproveite!


Basta clicar em cima deles para a parte que você deseja:


Quais animais têm concha?


As conchas estão presentes nos animais que constituem o filo Mollusca, chamados moluscos.


Os moluscos mais conhecidos são os caracóis, os mariscos (mexilhões, ostras), as lesmas, as lulas e os polvos. Porém, nem todos têm concha.


Os moluscos podem ter 1, 2, 8 conchas ou, em alguns casos, nenhuma. São feitas de carbonato de cálcio.


Caranguejo ermitão e as conchas do mar


O caranguejo ermitão é um animal do subfilo Crustacea, portanto não é capaz de produzir uma concha.


Para se proteger contra predadores, os caranguejos ermitões usam as conchas do mar dos moluscos.


Entretanto, algumas espécies são seletoras e têm preferências por conchas do mar que não estão quebradas ou que não têm cores muito chamativas.



Caranguejo ermitão dentro concha da praia
Foto caranguejo ermitão tirada por Ana Dornas


Por que os humanos usam as conchas da praia?


As conchas dos moluscos são muito populares desde os tempos antigos e algumas

culturas ainda as utilizam como ferramentas, recipientes, instrumentos musicais, moedas, fetiches, símbolos religiosos, ornamentos, decorações e objetos de arte.


Outras pessoas pegam por simplesmente acharem conchas bonitas. E realmente são, né?


Será que deveríamos continuar usando conchas? Por que será que elas são importantes para a natureza?


Fizemos para você um kit de slides gratuito que deixarão as suas aulas ainda mais interessantes. Aproveite!


Por que as conchas do mar são importantes?


1. Servem como substrato para epibiontes (seres vivos que vivem sobre outros organismos);


2. Provêm refúgio contra predação, estresse físico ou fisiológico e controla o transporte de solutos e partículas no ambiente aquático;


3. Como já dito, as conchas do mar são constituídas de carbonato de cálcio. Mesmo quando as conchas do mar já não servirem mais como proteção para outros animais, é importante que fiquem no seu habitat. A decomposição das conchas do mar é importante para o reaproveitamento do cálcio por outros organismos marinhos;


4. A produção de conchas do mar é responsável por introduzir heterogeneidade (riqueza de espécies) e complexidade ao ambiente bentônico (fundo do mar). As conchas do mar são, portanto, elementos importantes na estrutura do habitat, afetando processos a nível de população, comunidade e até mesmo do ecossistema;


5. Embora já tenha sido dito que a cavidade interna das conchas do mar sirva como meio de refúgio contra predação para outros animais, o espaço entre as conchas em um agrupamento (espaço intersticial) também tem esse papel. Sendo assim, qualquer alteração no amontoado de conchas do mar pode trazer consequências para os animais que ali se refugiam;


6. Já foi registrado na literatura que um amontoado de conchas do mar de mexilhões pode servir como barreira contra a estrela-do-mar, animal predador que pode predar mexilhões solitários;


7. Outro registro de grande importância diz que os epibiontes também podem proteger os moluscos contra predadores.


Na sala de aula


Temos uma cultura muito forte ainda de catar conchas, e vimos acima como as cocnhas são importantes e devem ser deixadas onde estão.


Com esse material pode-se fazer a leitura do texto, abrir uma discussão ou roda de conversa.


É importante a conscientização de que até coisas simples como pegar conchinhas no mar podem impactar outros animais de formas que nem imaginamos.


Baseado na BNCC (Base Nacional Comum Curricular) abaixo estão as habilidades que podem ser trabalhadas nesse tema, para ajudar na preparação da aula.


Ensino fundamental:


(EF04CI04) Analisar e construir cadeias alimentares simples, reconhecendo a posição ocupada pelos seres vivos nessas cadeias e o papel do Sol como fonte primária de energia na produção de alimentos.


(EF04CI05) Descrever e destacar semelhanças e diferenças entre o ciclo da matéria e o fluxo de energia entre os componentes vivos e não vivos de um ecossistema.


(EF09CI12) Justificar a importância das unidades de conservação para a preservação da biodiversidade e do patrimônio nacional, considerando os diferentes tipos de unidades (parques, reservas e florestas nacionais), as populações humanas e as atividades a eles relacionados.


Ensino médio:


(EM13CNT203) Avaliar e prever efeitos de intervenções nos ecossistemas, e seus impactos nos seres vivos e no corpo humano, com base nos mecanismos de manutenção da vida, nos ciclos da matéria e nas transformações e transferências de energia, utilizando representações e simulações sobre tais fatores, com ou sem o uso de dispositivos e aplicativos digitais (como softwares de simulação e de realidade virtual, entre outros).


(EM13CNT206) Discutir a importância da preservação e conservação da biodiversidade, considerando parâmetros qualitativos e quantitativos, e avaliar os efeitos da ação humana e das políticas ambientais para a garantia da sustentabilidade do planeta.



Este texto foi feito em parceria com o Igor Santana! Agradecemos muito a contribuição!


A grande disponibilidade de conchas do mar na areia da praia não é desculpa para coletar só uma e guardar como recordação. A abundância de conchas é importante no ecossistema!


Que tal ter em suas mãos o passo a passo de como produzir as principais peças para o Instagram? Baixe o Manual prático para criar post, stories e reels no Canva 100% gratuito!


Este texto foi feito em parceria com o Igor Santana! Agradecemos muito a contribuição!


Escrito por: Igor Santana e Júlia Quintaneiro

Revisado por: Camila Neves


Confira o nosso post no Instagram sobre esse tema! Quer saber mais sobre meio ambiente, biologia e educação? Acesse nosso site.


Referências bibliográficas:


BRUSCA, Richard C.; MOORE, Wendy; M.SHUSTER, Stephen. Invertebrados. 3. ed. RJ: Editora Guanabara Koogan Ltda, 2018. p. 554-582.


GUTIÉRREZ, J. L. et al. Mollusks as Ecosystem Engineers: The Role of Shell Production in Aquatic Habitats. Wiley on behalf of Nordic Society Oikos, v. 101, n. 1, p. 79-90, abr./2003


5.461 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page