Esporo bacteriano

Os esporos bacterianos são estruturas de resistência que algumas espécies de bactérias produzem para se auto preservar quando o ambiente está desfavorável à sua sobrevivência (como a falta de nutrientes). Estas bactérias são capazes de se “enclausurarem” formando o esporo. Elas se mantém assim até que as condições sejam favoráveis ao seu crescimento, mesmo depois de muito tempo esporuladas, os esporos germinam e as bactérias voltam a se multiplicar como antes.

Referências bibliográficas

TIMENETSKY, Jorge. Controle de microrganismos. Departamento de Microbiologia - ICB-USP. Disponível em: <https://microbiologia.icb.usp.br/cultura-e-extensao/textos-de-divulgacao/microbiologia-geral/controle-de-microrganismos/>. Acesso em: 3 de junho de 2021.

Para saber mais

Veja o uso desse conceito em:

O que é higiene do ambiente e como ela é feita?

Para compartilhar este conceito:

Copie o link do navegador ou através dos botões abaixo: