Hospedeiro

Trata-se de um ser vivo de qualquer espécie que ofereça, em condições naturais, subsistência ou alojamento a um agente infeccioso. O hospedeiro pode ser de três tipos: O hospedeiro primário ou definitivo é o parasita atinge a maturidade ou passa a sua fase de reprodução sexuada; O secundário ou intermediário é aquele que se encontra em fase larvária ou assexuada; Já o hospedeiro paratênico ou de transporte, apesar de se tratar de um hospedeiro intermediário, o parasita não se desenvolve ou se reproduz nele. Este hospedeiro apenas proporciona condições para que o parasita se mantenha viável até que ele encontre um hospedeiro definitivo.

Referências bibliográficas


ÁVILA-PIRES, F.D. Zoonoses: hospedeiros e reservatórios. Cadernos de Saúde Pública, v. 5, n. 1, p. 82–97, 1989.

Para saber mais

Veja o uso desse conceito em:

O que é a cárie dentária e como ela é causada?

Para compartilhar este conceito:

Copie o link do navegador ou através dos botões abaixo: