Plasticidade fenotípica

“A capacidade de um determinado ser vivo apresentar diferentes características em função das condições ambientais”, sendo estas diferenças respostas adaptativas funcionais ao meio. Exemplo: uma determinada planta pode apresentar diferenças em suas folhas (como forma, tamanho e toxicidade) quando exposta a diferentes fatores ambientais (muita ou pouca luminosidade, composição do solo, temperatura etc.).

Referências bibliográficas

LIMA, Neuza. R. W. L. et al. Plasticidade fenotípica. Revista de Ciência Elementar, 2017, 5, 02. Disponível em: <http://doi.org/10.24927/rce2017.017>. Acesso em: 11 de julho de 2021.

Para saber mais

Veja o uso desse conceito em:

Quais são os animais mais inteligentes do mundo?

Para compartilhar este conceito:

Copie o link do navegador ou através dos botões abaixo: