top of page

Cigarra explode ao cantar demais?

Atualizado: 16 de fev. de 2022

Esse é um inseto bem popular pelo “canto” marcante dos machos e é comum as pessoas acreditarem que as cigarras explodem ao cantar demais, pois as “casquinhas” desses animais ficam presas em árvores. Porém, isso não é resultado de uma explosão e sim de um processo chamado muda ou ecdise. Vamos conferir como funciona?

Quer ir para alguma parte específica deste artigo? Basta clicar em qualquer um dos tópicos:



Você já pensou em produzir conteúdo para Internet? Escrevemos um E-book 100% gratuito com diversas ferramentas perfeitas para isso. Aproveite!



O que as cigarras são?


As cigarras são insetos que integram o grande grupo dos artrópodes (mesmo grupo dos aracnídeos e crustáceos) . Elas são conhecidas por seu “canto” marcante, apesar dessa característica estar presente apenas nos machos.



Cigarra explode?


Algumas pessoas acreditam que a cigarra explode, pois encontram “casquinhas” desses animais, normalmente presas em árvores. Porém, isso não acontece e as "casquinhas" não são o resultado de uma explosão.

Você também já viu a “casquinha” da cigarra em algum local? Se sim, onde? Conta pra gente nos comentários deste post.



Exúvia da cigarra presa no tronco de uma árvore.
“Casquinha” de cigarra presa no tronco da árvore. Foto de Pixabay.

O que é a “casquinha” da cigarra?


A “casquinha” é o exoesqueleto (esqueleto externo) antigo do animal, também chamado de exúvia, que foi descartado por ele.

Como está localizado externamente, o exoesqueleto limita o aumento do tamanho corporal da cigarra. Portanto, elas realizam a troca, ou seja, sintetizam um exoesqueleto novo e descartam o antigo por meio de um processo chamado muda ou ecdise.


Entender os conceitos dentro da biologia são muito importantes para os alunos. Confira nosso glossário COMPLETO da biologia com centenas de termos.


Como esse processo ocorre?


Esse processo onde parece que a cigarra explode, mas é a troca do exoesqueleto, ocorre em períodos específicos da vida do animal, quando ele está passando por fases de vida em que precisa aumentar o seu tamanho corporal.

A espécie Quesada gigas, mais amplamente distribuídas no Brasil, realiza várias mudas durante os estágios de vida de ninfa. Porém, iremos focar na transformação do último estágio de ninfa para a forma adulta.

  • Ninfas: são o estado jovem, vivem no subterrâneo se alimentando da seiva da raiz de plantas.

  • Adulto: tem asas, vivem na superfície, conseguem se reproduzir.

Veja abaixo como esse processo ocorre:


  1. As ninfas que estão no subterrâneo escavam até a superfície, formando uma galeria cilíndrica e individual no solo.

  2. Uma vez na superfície, as ninfas sobem no tronco de uma árvore e se fixam.

  3. No período de muda ou ecdise, o exoesqueleto que normalmente é rígido se torna maleável. Isso permite o crescimento do animal por um certo período de tempo.

  4. Após um período de, aproximadamente, duas horas, o inseto adulto rompe o exoesqueleto antigo (exúvia) e emerge.


Muda ou ecdise, processo que parece a explosão da cigarra.
Cigarra realizando muda ou ecdise. Foto de Pixabay.

A cigarra sai da “casquinha”, ou seja, do exoesqueleto antigo (exúvia) com o corpo ainda mole, o que a torna vulnerável à predação de outros animais. Assim, seu exoesqueleto novo é endurecido e cresce gradativamente.


Fizemos para você um kit de slides gratuito que deixarão as suas aulas ainda mais interessantes. Aproveite!


No vídeo abaixo você consegue ver em câmera lenta que as cigarras não explodem, mas sim trocam seu exoesqueleto. É incrível!




Curiosidade: Por que as cigarras “cantam”?



Agora que você já sabe que a cigarra não explode ao cantar demais, vem ver como e por que esses animais cantam (não é pra te irritar hehehe).


Primeiro precisamos deixar claro que:


  • Somente os machos cantam.


  • Cada espécie tem um canto diferente, que vai atrair apenas fêmeas de sua própria espécie. Isso já nos dá um spoiler da importância dessa característica né?!


O canto desses animais é uma chamada de acasalamento, ou seja, os machos cantam para atrair as fêmeas. Além disso, o som pode impedir a predação por pássaros ao interferir na comunicação deles ou aumentar o volume total de ruído, gerado quando várias cigarras cantam juntas, dificultando a localização do ponto de origem do som.



O mais curioso é que o canto é produzido na base do abdômen, onde as cigarras possuem membranas, chamadas tímbalos, dos dois lados. Assim, usando seus músculos, os machos conseguem fazer as membranas vibrarem e emitir som.

Que tal conhecer mais sobre os artrópodes e suas características? Visite os posts sobre em nosso Instagram:

Escrito por: Gabriela Maia Fernandes

Revisado por: Júlia Quintaneiro



Referências bibliográficas:


DE SÁ, M. A. P.; ROMANO, C. A.; MACCAGNAN, D. H. B. Conhecimento popular de moradores do perímetro urbano de Iporá, Goiás, sobre cigarras (Hemiptera: Cicadidae). Gaia Scientia, v. 11, n. 3, 30 set. 2017. Disponível em <https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/gaia/article/view/29153>. Acesso em: 02/04/2021


Escola, J. P. L., et al. Classificação Digital de Cicadidae com Wavelets e Support Vector Machines. XXXV Simpósio Brasileiro de Telecomunicações e Processamento de Sinais - São Pedro, SP. 2017. Disponível em <https://www.researchgate.net/figure/Ninfa-movel-de-Quesada-gigas_fig1_319777702>. Acesso em: 02/04/2021


SILVA, M. A. T. Avaliação de nematóides entomopatogênicos visando o controle da cigarra-do-cafeeiro. Dissertação apresentada à Universidade Federal de Lavras. 2007. Disponível em <http://www.sbicafe.ufv.br/handle/123456789/6070>. Acesso em: 02/04/2021


Valdes, Robert. Why are cicadas so noisy? How stuff works. Disponível em <https://animals.howstuffworks.com/insects/question733.htm>. Acesso em: 02/04/2021.


Vilas-Boas, Adlane. Ritmos da Ciência. Rádio UFMG Educativa 104,5 FM.


6.926 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page