top of page

Qual a diferença entre gripe e resfriado?

Atualizado: 13 de set. de 2022

A gripe é uma doença viral, muito confundida com outras doenças respiratórias como o resfriado ou até mesmo uma alergia. Venha descobrir melhor a diferença entre a gripe e resfriado!

Quer ir para alguma parte específica deste artigo? Basta clicar em qualquer um dos tópicos:



Gripe e resfriado: O que são?


Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) cerca de 650 mil pessoas morrem ao ano por gripe. Essa doença é causada pelo vírus Influenza que é dividido em três tipos diferentes: A, B e C. Os dois primeiros costumam provocar epidemias sazonais, ou seja em algumas época do ano, enquanto o último costuma provocar alguns casos mais leves.


Além da gripe, muitas pessoas são acometidas também por resfriados. Os rinovírus ou similares são os agentes infecciosos mais comuns causadores do resfriado, contudo existe também a parainfluenza que leva a essa infecção.


Gripe e resfriado são causados por vírus que são agentes infecciosos microscópicos que possuem diâmetros que variam entre 20 nm e 300 nm, ou seja, é um milhão de vezes menor que um milímetro.


Você já pensou em produzir conteúdo para Internet? Escrevemos um E-book 100% gratuito com diversas ferramentas perfeitas para isso. Aproveite!

Segundo a Nature Reviews Microbiology, há cerca de dez nonilhões de vírus em nosso planeta, podemos dizer que são maiores em quantidades que as estrelas no céu, causadores de diversos tipos de doenças, entre eles a gripe e resfriado.


Quem nunca ao tossir ou espirrar, pela semelhança dos sintomas da gripe e resfriado, ficou na dúvida sobre qual doença contraiu? Apesar de terem como agente infeccioso o vírus, o mesmo possui diversos tipos como a influenza e suas variantes, bem como os rinovírus e suas variantes. Sendo essa uma das características diferenciais: o agente responsável por cada doença.


Sintomas da gripe e resfriado


Um ponto muito importante que separa essas doenças, e que serve como base para médicos e profissionais da saúde diferenciarem com qual doença o paciente está, é os sintomas, que apesar de algumas semelhanças tem suas particularidades. Além de serem causadas por vírus diferentes, os sintomas podem durar mais ou menos que o outro, a quantidade e intensidade também variam. Confira os principais sintomas da gripe e resfriado:


Sintomas da gripe:


Principais sintomas da Gripe
Fontes: Paulo Sergio Ramos( Fiocruz Recife), Heloisa Havagnani ( SBI- DF), OMS.

Os principais sintomas da gripe são febre acima de 38°C, tosse seca, coriza, dor de garganta, mal estar, fadiga, dores fortes de cabeça e no corpo. É comum, principalmente em crianças, a ocorrência também de diarréias. A duração dos sintomas é em média de 7 a 10 dias.


Que tal ter em suas mãos o passo a passo de como produzir as principais peças para o Instagram? Baixe o Manual prático para criar post, stories e reels no Canva 100% gratuito!


Sintomas do resfriado:


principais sintomas resfriado
Fontes: Paulo Sergio Ramos( Fiocruz Recife), Heloisa Havagnani ( SBI- DF), OMS

No caso do resfriado, a tosse, congestão nasal, coriza e dor de garganta são os sintomas mais comuns, mas pode ocorrer da pessoa ter febre baixa e diarreia, mas são mais raros. A duração é em média 4 dias.


Mas afinal, qual a diferença? Como é possível notar, a gripe, além do vírus responsável ser diferente, possui mais quantidade de sintomas, e eles são mais fortes, a febre costuma ser mais alta e a sua duração é maior em comparação aos de um resfriado.


Cuidados após contaminação


Pessoas de risco (idosos, crianças menores de cinco anos, gestantes, portadores de doenças crônicas etc.) formam um grupo que precisa ter cuidado redobrado para evitar se contaminar, já que a imunidade está sobrecarregada. No entanto, nem sempre é possível evitar o contágio, já que é por meio de secreções corporais como a saliva que essas doenças são adquiridas.


Fizemos para você um kit de slides gratuito que deixarão as suas aulas ainda mais interessantes. Aproveite!


No caso de suspeita de sintomas gripais e resfriados, tanto pessoas de risco, como a população no geral, devem ser avaliadas por um profissional da saúde e seguir suas orientações. A ingestão de água, sopas, sucos naturais e uma boa alimentação ajuda nesse processo.


Como evitar se contaminar e passar a gripe e resfriado para outra pessoa?


O ato de cobrir a boca ao tossir e espirrar, bem como uma boa higienização das mãos, uso de álcool 70% e evitar lugares fechados com aglomeração, são algumas das ações básicas para se evitar o contágio e transmissão da doença.


A máscara, muito utilizada hoje pela população em decorrência da covid-19 e da H3N2 é uma forte aliada na proteção e prevenção de doenças causadas por vírus já que a mesma cobre boca e nariz evitando assim partículas de salivas.


Há muitos estudos e cientistas envolvidos na busca por curas e antídotos, conforme vemos nas campanhas para muitas doenças, como a da gripe. O ato de se vacinar é o método mais eficaz de proteção para sintomas graves, principalmente entre o grupo de risco.


Para você, professor!


Você pode abordar este conteúdo durante suas aulas referentes à microbiologia, matérias relacionadas ao sistema respiratório e imunológico ou como um tema transversal caso a matéria não tenha relações com a doença, buscando mostrar a importância de medidas de prevenção e como se vacinar é um forte aliado.


Para complementar este material, sugerimos o acesso ao site Nova escola onde há 15 planos de aula para estudar sobre vírus e vacinas no Fundamental I e II.


Quer saber mais? Visite nosso Instagram e confira esses outros textos no nosso site:


Escrito por: Thaieni Santos (@thaieni_stefani)

Revisado por: Érika Pinheiro (@erikaa_fp)



Como citar este texto:

SANTOS, T. S. S.; PINHEIRO, E. F. Qual a diferença entre gripe e resfriado?. Potencial Biótico. Disponível em: <https://www.potencialbiotico.com/post/gripeeresfriado>. Acesso em:


Referências Bibliográficas:


BIERNATH, André. O que está por trás da epidemia de gripe no Rio de Janeiro. BBC News. 2021. Disponível em: < https://www.bbc.com/portuguese/brasil-59602612 >. Acesso em: 09 de Fevereiro de 2022.



Informação sobre uso de álcool em gel. Fiocruz INCQS. 2020. Disponível em: <https://www.incqs.fiocruz.br/index.php?option=com_content&view=article&id=2219:atencao-informacoes-sobre-o-uso-de-alcool-em-gel&catid=42&Itemid=132>. Acesso em 15 de Fevereiro de 2022.


JAWETZ,MELNICK E ALDEBERG. Microbiologia Médica. Geo F. Brooks et al. 25ª ed. Porto Alegre: AMGH, 2012.


Martins, Cristiane. Gripe, resfriado, covid-19 ou dengue: entenda diferenças e sintomas. BBC News. 2022. Disponível em: < https://www.bbc.com/portuguese/geral-60243753>. Acesso em: 11 de Fevereiro de 2022.


NATURE REVIEWS MICROBIOLOGY. Microbiology by numbers. 9, 628 (2011). Disponível em: <https://www.nature.com/articles/nrmicro2644>. Acesso em: 06 de Fevereiro de 2022.


O que é grupo de risco para covid 19. CDD. Disponível em: <https://cdd.org.br/noticia/saude-publica/o-que-e-grupo-de-risco-para-covid-19/>. Acesso em: 15 de Fevereiro de 2022.



Up to 650 000 people die of respiratory diseases linked to seasonal flu each year. World health organization. 2017. Disponivel em: < https://www.who.int/news/item/13-12-2017-up-to-650-000-people-die-of-respiratory-diseases-linked-to-seasonal-flu-each-year>. Acesso em: 10 de Fevereiro de 2022.


Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page