top of page

Jogo em libras para imprimir: uma prática acessível sobre o Sistema Solar

Atualizado: 26 de jul.

Pesquisadores das Universidades Federal e Estadual do Pará desenvolveram um jogo do Sistema Solar em Libras como recurso didático para o ensino de Física. Esta prática recebeu menção honrosa em um evento acadêmico-científico pela sua abrangência e reflexão estimulada. Os cientistas apontam com a aplicação que o uso de jogos com características bilíngues auxiliam no processo de ensino aprendizagem dos alunos, Surdos e ouvintes, pois estimulam o aprendizado de forma ativa, além de ser uma prática de fácil aplicação.

Quer ir para alguma parte específica deste artigo? Basta clicar em qualquer um dos tópicos:



Práticas acessíveis em Libras


Atividades práticas de maneira geral são sempre bem vindas quando falamos sobre fixar conteúdos de forma ativa e didática. Pensando neste cenário, as atividades lúdicas, como jogos, ao abordarem o tema de maneira acessível para aumentar a diversidade do público acolhido se tornam ainda mais importantes.


Traremos neste texto um jogo direcionado aos professores que possuem alunos Surdos em suas salas de aula, porém este material pode e DEVE ser utilizado também por alunos ouvintes, para que tenham acesso à sua segunda língua, a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS).


O jogo traz conhecimentos acerca do Sistema Solar e lembra muito o estilo do jogo da memória. As cartas possuem uma figura com um fenômeno da Astronomia escrito em Português e uma carta correspondente em Libras.


Maneiro, né? Assim podem ser trabalhadas tanto a Libras quanto o Português. Ah, e para ficar ainda mais legal, assim que as cartas forem encontradas junto aos seus pares, os jogadores terão de reproduzir os sinais e ou soletrar (em Libras) o que encontraram.


O jogo foi elaborado pelos pesquisadores das Universidades Federal e Estadual do Pará e vamos te mostrar como utilizá-lo como recurso didático para o ensino de Física.


50 livros gratuitos estão te esperando para serem baixados. Baixe aqui a

coletânea exclusiva sobre ensino de ciências e biologia. Eles irão contribuir com seu processo formativo como professor. É gratuito!


Jogo em Libras para imprimir


Para a montagem do jogo do Sistema Solar em Libras, os autores do trabalho confeccionaram 10 (dez) cartas retangulares. Na parte superior de cada carta foi colocado o nome do fenômeno ou objeto de estudo na língua portuguesa. Um exemplo é a palavra “eclipse”. Logo embaixo, está o mesmo nome, porém com o alfabeto da Língua Brasileira de Sinais.


Fonte: retirado do artigo: O jogo do Sistema Solar em Libras como método de ensino de Física para alunos Surdos


A ideia dos autores, colocando as informações tanto em Português quanto na Libras, é proporcionar aos alunos o desenvolvimento da língua materna (Libras) e a segunda língua (Português). Desta forma, o jogo pode ser jogado também por alunos ouvintes.


Posteriormente foram feitas mais 10 cartas com as mesmas dimensões e conteúdos das produzidas anteriormente. Entretanto, nestas foram colocados o sinal em Libras referente ao fenômeno estudado como mostrado na imagem abaixo.


Tranquilinho, né!? Agora que vimos como o jogo foi feito e qual a sua proposta, vamos aprender a jogar?


Como jogar?


Para a realização do jogo Sistema Solar em Libras, são necessários dois jogadores. As cartas devem ser embaralhadas por um deles e colocadas em alguma superfície como mesa ou bancadas. Qualquer superfície reta serve! Todas as cartas devem ser dispostas com o seu conteúdo virado para baixo.


Você provavelmente já deve ter jogado o jogo da memória, né? Este aqui se assemelha a ele! O jogador que iniciar deverá desvirar uma das cartas, sem retirar do local. Se a carta mostrar a instrução de realizar o sinal em Libras, ele terá que encontrar a carta que corresponde à instrução, isto é, que ilustra o termo apresentado.


Se o jogador não conseguir encontrar o par determinado ele passará de vez para o próximo. Entretanto, caso o jogador encontre o par, este jogará novamente, e assim seguirá desde que continue encontrando os pares correspondentes. Este movimento é feito até que a sua vez seja passada para o outro jogador.


O vencedor do jogo será aquele que, ao fim do jogo, conseguiu encontrar a maior quantidade de pares de cartas.


Os autores do jogo ressaltam que a atividade tende a ser mais divertida e educativa se o jogador fizer o sinal em Libras ao encontrar o par de cartas correspondentes, cumprindo assim um dos objetivos/propósitos do jogo, que é o de ensinar os sinais correspondentes que dão nome aos termos da Astronomia.


Como já mencionado anteriormente, este texto foi baseado no artigo intitulado O Jogo do Sistema Solar em Libras como método de ensino de Física para alunos Surdos. Leia na íntegra no clicando aqui → Leia mais aqui: artigo original


Importância de práticas de acessibilidade e inclusão no ensino de ciências


É válido lembrar que a inclusão passa por diversos contextos seja o educacional, político ou social, e garante participação ativa, consciente e integral na comunidade em que vivem. Tornando possível o desenvolvendo habilidades e competências que lhes garantem o seu lugar de direito na sociedade.


Para que todas essas ações sejam efetivas, a comunicação deve ser eficiente, mesmo diante de termos e expressões formais e técnicas, tornando assim imprescindível as adaptações em formas de jogos, vídeos, dinâmicas em grupos e afins para melhor aproveitamento dos conhecimentos.


Você já pensou em produzir conteúdo para Internet? Escrevemos um E-book 100% gratuito com diversas ferramentas perfeitas para isso. Aproveite!


Para você professor


Para auxiliar você professor a planejar sua aula, damos exemplos de experimentos relacionados a decomposição e habilidades que podem ser desenvolvidas com seus alunos com base na BNCC (Base Nacional Comum Curricular), a partir do uso deste texto como material de apoio.


Você poderá usar o jogo durante as aulas de Astronomia (formação do Sistema Solar, Componentes do Sistema solar e etc), em sala de aula, se preferir, ou até mesmo levar os alunos para um ambiente aberto como o pátio da escola. A ideia é que os alunos não se sintam pressionados ao realizar a atividade e sim que consigam se concentrar.


Você vive o desafio de incluir seu aluno Surdo na sala de aula? Torne suas aulas muito mais acessíveis utilizando nosso E-book: Guia para incluir estudantes com surdez em sala de aula.


(EF08CI12) Justificar, por meio da construção de modelos e da observação da Lua no céu, a ocorrência das fases da Lua e dos eclipses, com base nas posições relativas entre Sol, Terra e Lua.


(EF09CI14) Descrever a composição e a estrutura do Sistema Solar (Sol, planetas rochosos, planetas gigantes gasosos e corpos menores), assim como a localização do Sistema Solar na nossa Galáxia (a Via Láctea) e dela no Universo (apenas uma galáxia dentre bilhões).


Quer ler mais textos relacionados a Educação? Não deixe de visitar nosso Instagram.

Leia também:


Aula Prática de Genética: Como Fazer a Extração de DNA?

Como a Residência Pedagógica está revolucionando a educação? Confira!



Escrito por: Richard Campos Rangel

Revisado por: Júlia Quintaneiro Mota


Como citar este texto: RANGEL, R. C.; MOTA, J. Q. Potencial Biótico. Disponível em: <https://www.potencialbiotico.com/post/jogosemlibrasparaimprimir>

Acesso em:



Referências bibliográficas:


BRASIL. LEI Nº 13.146, DE 6 DE JULHO DE 2015. Brasília, 6 de julho de 2015; 194º da Independência e 127º da República. Disponível em: <https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2015/lei/l13146.htm> . Acesso em: Outubro de 2022.


FREIRE, Sofia. Um olhar sobre a inclusão. Revista de Educação, p. 5-20, 2008.


DE OLIVEIRA SANTANA, Danniel; DOS REIS PEREIRA, Airton. O JOGO SISTEMA SOLAR EM LIBRAS COMO MÉTODO DE ENSINO DE FÍSICA PARA ALUNOS SURDOS. Investigações em Ensino de Ciências, v. 27, n. 2, p. 158-175, 2022.


MALACARNE, Vilmar; OLIVEIRA, Verônica Rosemary de. A contribuição dos sinalários para a divulgação científica em Libras. Ensino em Re-Vista, v. 25, p. 289-305, 2018.


191 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page